Abril marca recorde histórico mensal de exportações de soja no Brasil com mais de 17 mi de t
04-05-2021

Abril de 2021 marca o novo recorde mensal histórico para os embarques brasileiros de soja com 17,383 milhões de toneladas, contra 14,854 milhões do mesmo mês de 2021, de acordo com números da Secex (Secretaria de Comércio Exterior) do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulgadas nesta segunda-feira (3). O setor já esperava números elevados, na casa de 17 milhões de toneladas, porém, o número superou as expectativas. 

Como explica Vlamir Brandalizze, consultor de mercado da Brandalizze Consulting, o ritmo dos embarques brasileiros segue forte e compensando o atraso que foi registrado em fevereiro por conta do atraso da colheita e de problemas com o clima. 

Ele explica ainda que maio e junho ainda deverão ser meses fortes de exportação brasileira. Daí em diante, o produtor brasileiro fica mais distante de novos negócios, esperando por oportunidades melhores de mercado. 

"Até agora embarcamos 33,8 milhões de toneladas, com maio e junho devem ser mais umas 30 milhões e ainda teríamos muito espaço pela frente", acredita Brandalizze. 

Na perspectiva do consultor, o Brasil poderia encerrar 2021 com cerca de 85 milhões de toneladas de soja embarcadas e com forte demanda para todo esse produto. Segundo o especialista, o país ainda conta com aproximadamente 20 milhões de toneladas para negociar na exportação no segundo semestre. 

"Só a China deve levar 10 milhões", diz. "E tudo indica que vai ter muito produtor segurando soja até  final do ano", completa. 

O mercado também se atenta ao volume maior de soja que o Brasil poderia ter para exportar diante do menor esmagamento que pode acontecer no país em função da redução do mandatório do biodiesel de 13% para 10%. E mesmo que tida como temporária, a medida ainda não teve uma sinalização do governo de que pudesse ser revertida logo. 

Há demanda para esse possível volume a mais de soja para ser exportada pelo país, e sem a perspectiva de uma pressão sobre as cotações no mercado nacional. "Pressão, se tivermos, virá da safra dos EUA ou da nova do Brasil ou da Argentina", explica Vlamir Brandalizze. 

Ainda de acordo com números da Secex, o valor médio da tonelada da soja brasileira, em abril, foi de US$ 414,10, contra US$ 338,70 de abril do ano passado.


Por:  Notícias Agrícolas

PRODUCTS
CULTURES
SEE MORE CULTURES
NEWS
SEE MORE NEWS
TESTIMONIALS
For  34  years, a partnership that generates productivity.
SOCIAL MEDIA
SEE MORE
© 2020 ADUBOS COXILHA
- ALL RIGHTS RESERVED
POWERED BY: ORANGE TECNOLOGIA PARA INTERNET