NOTÍCIAS
18/05/2020
Trigo apresenta boas perspectivas para 2020

“No contexto interno, há oferta reduzida de produto"

O trigo, principal cultivo de inverno do sul do Brasil, apresenta boas perspectivas para o ano de 2020, segundo afirmou Marcelo André Klein, analista da cultura do trigo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). De acordo com ele, o cenário se mostra bastante favorável para o cereal. 

“No contexto interno, há oferta reduzida de produto, dada a produção menor nas últimas safras e a previsão climática de inverno com tendência de uma estação de crescimento com menor umidade, que favorece o cultivo pela menor incidência de doenças e aumento de qualidade do produto colhido. Por sua vez, no cenário internacional, a desvalorização do real, em virtude da crise da Covid-19, tornou extremamente cara a aquisição de trigo argentino, cuja tonelada chegou ao mercado nacional por até R$ 1.300,00, no mês de março de 2020, com possibilidade de elevação em conformidade com o câmbio”, disse. 

Além disso, para fevereiro de 2020, a elevação de preço chegou a 4,09% no Rio Grande do Sul e 7,37% no Paraná. “Com os preços bastante atrativos no balcão, pode-se esperar uma tendência de aumento de área cultivada com trigo para a safra 2020. Temos terra, máquinas, tecnologia disponível e, principalmente, produtores experientes e com vontade de trabalhar. Trigo é a mais importante opção econômica para o uso das terras no inverno no Sul do Brasil”, completa. 

Juntos, RS, SC e PR têm representado 88% da área e da produção total de trigo do Brasil. Nesse cenário, a importação gerou, somente no ano de 2019, um desembolso de U$$ 1,5 bilhão. “Nosso principal parceiro comercial é a Argentina, país do qual importamos, em média, 75% do trigo que precisamos para abastecer o mercado interno”, conclui. 

Fonte: Agrolink

GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS
07/01/2020
26/05/2017