NOTÍCIAS
03/01/2020
Exportação do complexo soja recua 4,5% em volume e 14,4% em receita

Queda nos embarques no ano passado se deve a safra menor, demanda chinesa mais fraca em virtude da peste suína africana e a compras da China nos EUA nos últimos meses do ano

As exportações brasileiras do complexo soja somaram 96,718 milhões de toneladas em 2019, com receita de US$ 34,78 bilhões. O resultado aponta queda de 4,5% em volume e 14,4% em receita na comparação com 2018, quando os embarques atingiram 101,242 milhões de toneladas e o faturamento, US$ 40,64 bilhões. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 2, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

Em dezembro, os embarques do complexo somaram 5,136 milhões de toneladas, recuo de 8,3% ante os 5,6 milhões de toneladas de igual período de 2018 e de 19,6% na comparação com os 6,385 milhões de toneladas de novembro. Já em receita, as exportações totalizaram US$ 1,84 bilhão, 15% abaixo dos US$ 2,165 bilhões de dezembro de 2018 e 21,1% menor que a de novembro de 2019, de US$ 2,333 bilhões.

A queda nos embarques no ano passado se deve a uma safra menor em 2018/2019, à demanda chinesa mais fraca em virtude da peste suína africana e às compras da China nos Estados Unidos nos últimos meses do ano. Ainda assim, o dólar forte ante o real em vários momentos de 2019 estimulou vendas externas da oleaginosa brasileira.

Só de soja em grão as exportações chegaram a 78,653 milhões de toneladas no ano. Na comparação com 2018, quando o Brasil exportou 83,23 milhões de toneladas, o recuo foi de 5,5%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 28,11 bilhões, recuo de 15% ante o ano anterior (US$ 33,06 bilhões). Em dezembro, o país embarcou 3,439 milhões de toneladas de soja em grão, queda de 15,5% em relação aos 4,07 milhões de igual mês de 2018. Já na comparação com novembro, quando o volume exportado foi de 5,157 milhões de toneladas, o recuo chegou a 33,3%. A receita com os embarques da oleaginosa atingiu US$ 1,257 bilhão, recuo de 20% em relação a dezembro do ano anterior (US$ 1,572 bilhão) e de 33,6% ante novembro (US$ 1,894 bilhão).

De farelo de soja, o volume exportado somou 17,016 milhões de toneladas em 2019, aumento de 2,1% ante 2018 (16,669 milhões de toneladas). A receita totalizou US$ 5,99 bilhões, recuo de 9,5% ante os US$ 6,62 bilhões em 2018. Em dezembro, as exportações do Brasil totalizaram 1,667 milhão de toneladas, aumento de 11,9% ante dezembro de 2018 (1,49 milhão de toneladas) e de 37,4% em relação ao mês anterior (1,213 milhões de toneladas). O faturamento com as vendas externas foi de US$ 561,8 milhões, queda de 1% ante dezembro de 2018, quando o país havia obtido US$ 567,2 milhões com os embarques de farelo. Já na comparação com novembro (US$ 429,8 milhões), o incremento foi de 30,7%.

Já de óleo de soja o Brasil exportou 1,049 milhão de toneladas em 2019, recuo de 21,8% ante o ano anterior, quando o País havia embarcado 1,342 milhão de toneladas. Já a receita de exportação totalizou US$ 678,1 milhões, recuo de 29,1% ante 2018 (US$ 956,60 milhões). Em dezembro, as exportações totalizaram 29,1 mil toneladas, queda de 25,4% ante igual período de 2018 (39 mil toneladas). O volume, contudo, superou em 117,2% os embarques de novembro (13,4 mil toneladas). A receita referente às vendas externas somou US$ 20,7 milhões em dezembro, queda de 21% ante igual período do ano anterior, quando os recursos alcançaram US$ 26,2 milhões, mas alta de 127,5% ante novembro. Naquele mês a receita somou US$ 9,1 milhões.

Fonte: Estadão - Canal Rural

GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS
07/01/2020