NOTÍCIAS
20/06/2018
Arroz: momento de investir com os olhos voltados à safra 18/19
Após a greve dos caminhoneiros que bloqueou estradas, causou desabastecimento e atrapalhou o cronograma de atividades em várias propriedades agrícolas no país, produtores e fornecedores de insumos ainda tentam retomar a normalidade das negociações no campo.

No mercado do arroz não tem sido diferente. Os produtores querem aproveitar o tempo perdido,  onde as negociações ficaram paralisadas, para adquirir seus insumos e garantir seu  planejamento estabelecido para a safra 2018/2019.

Conforme Gustavo Karam, RDM da RiceTec, multinacional que desenvolve e comercializa sementes de arroz no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, já é possível perceber uma retomada das negociações no campo. “As negociações ficaram um pouco paralisadas, mas agora já percebemos uma retomada dos negócios. Principalmente, o produtor que planeja sua lavoura e realiza suas compras de forma antecipada”, afirma.

Nesse sentido, a compra das sementes pode ser um diferencial na hora de pensar em produtividade e rentabilidade. Muitas vezes negligenciado pelo produtor, a semente é um insumo estratégico para a agricultura de alto rendimento. Investir em uma semente de qualidade pode ser mais barato quando a compra é realizada de forma antecipada, como destaca Gustavo Karam, engenheiro agrônomo da RiceTec

 “A negociação no cedo pode representar uma economia de até 22% dependendo da qualificação dentro dos programas de incentivo de compra e do mês do pagamento, além de o produtor garantir a melhor opção de ciclo, genética e tolerância a doenças para a próxima safra”, afirma Karam.

Quando se fala em produção de arroz, quem trabalha com o cereal sabe das exigências da planta quanto ao meio em que vive, quanto ao solo, clima e região, respondendo de maneira variada aos diferentes condições edafoclimáticos.  

Nesse sentido, as sementes híbridas de arroz vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado, especialmente pelo potencial genético apresentado. O híbrido, quando colocado numa condição ímpar, ele apresenta uma vantagem significativa de produtividade.

“O  vigor híbrido proporciona inúmeros benefícios ao produtor: uma planta mais robusta com maior estabilidade produtiva, alto potencial produtivo e maior tolerância a doenças. Mas é  importante o produtor saber qual é o intuito do híbrido na sua propriedade, para fazer a escolha certa da semente”, destaca Gustavo Karam, RDM da RiceTec Sementes.

A expectativa da empresa produtora de sementes de arroz híbrido é de que o mercado do arroz irá reagir e os preços praticados na colheita da safra 18/19 serão em patamares muito superiores aos preços da safra deste ano.

Fonte: Agrolink
GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS