NOTÍCIAS
24/05/2018
Nove projetos serão beneficiados por Fundo Embrapa/Mosanto
O Fundo Embrapa/Mosanto destinará R$ 3 milhões para nove projetos que são desenvolvidos pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com objetivo de promover o desenvolvimento sustentável da agricultura brasileira. O valor faz parte do que foi arrecadado com os direitos de propriedade intelectual pela comercialização da soja desenvolvida com a tecnologia Intacta RR2 PRO.

Em apenas doze anos de existência do Fundo já foram investidos mais de R$ 36 milhões em 51 projetos de pesquisa em biotecnologia para o aprimoramento das culturas de milho, trigo, soja e arroz. Geraldo Berger, diretor de Regulamentação da Monsanto para o Brasil, reitera que incentivos como esse são muito importantes porque dão condições para que pesquisas inovadoras sejam realizadas.

“Parcerias como essa, com foco na pesquisa agrícola e inovação, são fundamentais para reunir os setores público e privado no desafio global de aumentar a produtividade agrícola de maneira sustentável”, comenta.

Ao todo foram recebidos 42 projetos provenientes de 18 unidades de pesquisa da Embrapa durante a etapa de seleção para o investimento. Geraldo Berger, diretor de Regulamentação da Monsanto para o Brasil, explica que os projetos selecionados desenvolverão estudos nas áreas de biotecnologia, nanotecnologia, agricultura digital e melhoramento de soja.

"A parceria com a Monsanto, por intermédio do fundo de financiamento de pesquisa, tem trazido resultados robustos para o desenvolvimento de um modelo de produção agropecuária competitivo e sustentável”, comemora.

Os recursos pertencentes ao Fundo são administrados pela Embrapa conforme as alocações aprovadas para os estudos, que são administrados por pela equipe de pesquisadores envolvidos. Os nove trabalhos contemplados foram selecionados por um comitê científico, após seleção interna realizada pela própria Embrapa.  

Fonte: Agrolink
GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS
20/01/2016