NOTÍCIAS
24/04/2018
Cientistas acham gene que aumenta rendimento do arroz
Cientistas chineses encontraram um gene que pode ajudar a reduzir o efeito de salinização do solo na produtividade do arroz. O gene, chamado de STRK1, é crucial na redução do dano causado pela alta infiltração de sal e aumenta a tolerância ao sal no arroz, segundo a pesquisa da Universidade Hunan e do Instituto para Ciência Biológicas de Xangai, que é parte da Acadêmia Chinesa de Ciências.

A descoberta da equipe de pesquisa liderada pelos professores Liu Xuanming e Lin Jianzhing foi publicada na edição mais recente da revista acadêmica “Plant Cell”. A salinização da terra cultivada afeta o crescimento de cultivos de grãos e a ameaça a segurança alimentar globa. Existem 950 milhões de hectares de terras com sal alcalino no mundo, dos quais a China conta com 100 milhões de hectares. Aproximadamente 20% das terras irrigadas no mundo se tornaram salinizados em função do aquecimento global, resultando em uma produtividade menor.

O arroz é o cultivo de maior importância alimentar e comercial na China, mas ainda é vulnerável a ambientes com alta quantidade de sal. A equipe de pesquisa das duas instituições estudou como melhorar a tolerância ao saldo do arroz por um período de quase cinco anos.

“Os resultados da pesquisa podem ajudar a aumentar a produtividade do arroz em solo salinizado e estabelecer uma fundação para estudos relacionados com o melhoramento de cultivos”, afirmou o professor Lin Jianzhing.

Não é a primeira vez que a Academia Chinesa de Ciências se envolve em estudos de relevância para o cultivo do arroz.

Fonte: Agrolink

GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS