NOTÍCIAS
10/05/2017
Soja precoce vai exigir cuidados esse ano

Chuvas devem ser irregulares até o final da Primavera

Na possibilidade da ocorrência de um ‘El Niño’ enfraquecido, os produtores devem ficar alertas em relação à soja precoce de Primavera. O meteorologista Celso Oliveira, da Somar, chama a atenção de que as chuvas neste ano devem ser irregulares até o final da estação.

A primeira instalação de soja é feita a partir da segunda quinzena de Setembro. Nesse período, estados como Paraná e Mato Grosso já começam a plantar a soja precoce, que depois será colhida para dar lugar ao chamado milho ‘safrinha’ de verão.

“Em relação a essas culturas mais precoces, que exigem muita água, o alerta é em função da possível irregularidade na distribuição da chuva. Não há uma expectativa de que as chuvas comecem assim que acabar o vazio sanitário, nem que sejam regulares”, aponta Oliveira.

De acordo com ele, o produtor precisa ter cuidado esse ano, tanto em Setembro como também no mês de Outubro, em relação à regularidade das chuvas. Essas precipitações até podem vir fortes logo após o término do vazio, mas não há garantias de que haverá outras que mantenham a umidade do solo.

“O cuidado, então, é com a regularidade, pois quando se chega no final da Primavera, entre Novembro e Dezembro, a chuva naturalmente já regulariza no Brasil. Quem corre maior risco esse ano é a soja precoce, que pode demandar replantio ou atraso de instalação em função dessa não regularidade das chuvas em Setembro e Outubro”, finaliza Celso Oliveira.

 Fonte: Agrolink


GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS