NOTÍCIAS
24/04/2020
Soja: Vendas para China podem ser recorde

Preço da oleaginosa vem subindo no Brasil há uma semana seguida; Asiáticos já levaram 18 mi/toneladas

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (23.04) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 1,12% nos portos, para R$ 103,56/saca (contra R$ 102,41/saca do dia anterior). Com isto o ganho acumulado nos portos neste mês ficou em 2,32%.

Especialistas ouvidos pelo Agrolink apontam que a China pode comprar até 62 milhões de toneladas de soja brasileira nesta temporada – o que seria um recorde. Até agora o Brasil já exportou pouco mais de 26 milhões de toneladas da oleaginosa, sendo que apenas o gigante asiático embarcou nada menos que 18 milhões de toneladas, aproximadamente.


CLIMA

De acordo com os mapas climáticos analisados pela Consultoria ARC Mercosul, as chuvas sobre o Centro e Norte do Brasil já começam a entrar em contração, se direcionando exclusivamente sobre a região da Mata Amazônia: “O padrão de chuvas intensas preestabelecido sobre o centro de Goiás, oeste da Bahia e sul do Piauí, agora dá espaço para a chegada das estiagens, permitindo o avanço da colheita nestas regiões”. 

Os mapas para o Centro-Sul brasileiro continuam extremamente secos, apontam os analistas, intensificando o estresse hídrico já presente nas regiões produtoras da segunda safra e deteriorando as produtividades das culturas em campo. “Já na Argentina, as precipitações voltam com intensidade, favorecendo o reestabelecimento dos níveis do Rio Paraná”, acrescentam.

Fonte: Agrolink

GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS
07/01/2020