NOTÍCIAS
17/10/2019
Balança comercial entre Brasil e países árabes

De Janeiro a Setembro de 2019 os números foram promissores

As exportações do Brasil aos países árabes continuam apresentando desempenho positivo, obtendo receitas (13,2%) e volume (6%) superiores aos verificados entre janeiro e setembro de 2018, em um total de 33 milhões de toneladas.  

De acordo com CEO da Siil Halal, Chaiboun Darwiche, empresa de Certificação Halal Brasil, o Brasil obteve US$ 9,3 bilhões em vendas para os países árabes em 2019. “Emirados Árabes Unidos estão em primeira posição, seguidos por Arábia Saudita, Egito e Argélia foram os maiores compradores no período. O destaque, por outro lado, está no comércio à Mauritânia (+163%), Catar (+10%), Bahrein (+95%) e Ilhas Comores (+80%)”, informa. 

Com exportações baseadas em commodities e produtos agrícolas. Os produtos que compreendem proteína animal (aves e bovinos, por exemplo) responderam por quase 30% das receitas das exportações em 2019 ou mais de 1,4 milhão de toneladas, sendo 41% para Carne de Frango, Açúcar 15%, Minério de Ferro 15%, Carne Bovina 10% e Milho 9%. 

Os produtos exportados pelo Brasil para a região que merecem ser destacados no período pelo aumento de sua participação são: gado +116%, turbo reatores e propulsores, etc. +201% e ouro com +399%.

Chaiboun Darwiche destaca que as oportunidades para o empresariado brasileiro podem aumentar ao optarem por ter a certificação Halal em seus produtos. “Isso porque a certificação é o selo que garante aos consumidores que professam a fé islâmica que todo processo e produtos seguem os requisitos legais e critérios determinados pela jurisprudência islâmica”, completa.

Fonte: Agrolink

GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS
07/01/2020