NOTÍCIAS
19/08/2019
China provoca alta de 10,78% na soja brasileira
Gigante asiático se volta para a América do Sul em alternativa ao abastecimento perdido dos EUA

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a sexta-feira (16.08) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação avançando 0,26%, para a média de R$ 85,62/saca no mercado spot. Desta forma, ganhos da soja exportada em agosto terminam a primeira quinzena com um ganho total de 10,78%.

“A forte alta de 1,08% na cotação da soja em Chicago, somada à alta de 0,31% da cotação do dólar no Brasil foram contrabalanceadas pela leve queda nos prêmios do dia, mas, assim mesmo, ainda permitiram que os preços oferecidos pelas Tradings nos portos brasileiros subissem”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

No mercado interno, os preços médios oferecidos pelas indústrias esmagadoras puderam voltar ao território positivo em 0,18%, para R$ 78,53/saca, aumentando os ganhos do mês para 8,54%. De acordo com Pacheco, isso ocorreu devido aos efeitos do leilão de óleo para biocombustível realizado na semana.

“A China comprou um total de 20 cargos de soja grão (1,2 milhão de toneladas) nesta semana na América do Sul, voltando-se claramente para esta parte do Globo para se abastecer, na esteira de dois fatos: Primeiro, ao afirmar que ordenara às suas empresas que não comprassem mais produtos agrícolas (agropecuários) dos EUA. Segundo, porque (muito provavelmente) sabia que a América do Sul é capaz de abastecer, sozinha, as necessidades de grão do país, como a T&F informou em primeira mão nesta semana”, conclui o especialista de mercado.

Como consequência, os prêmios da soja-grão na Origem tiveram um grande salto nos últimos cinco dias úteis. O mercado de Paper de Paranaguá, aquele dos negócios entre as Tradings, também avançou significativamente. No mercado CIF portos da China também as posições da soja brasileira foi muito valorizada.

Fonte: Agrolink

GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS