NOTÍCIAS
24/05/2019
Chicago registra queda generalizada em todos os grãos
A Bolsa de Chicago acabou registrando uma queda generalizada nos preços de todos os grãos, sem tendência definida, segundo informou o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica. De acordo com ele, a situação da soja chama a atenção.

“Os futuros de soja fecharam a sessão desta quinta-feira em nova queda de 7,0 cents/bushel, devolvendo os ganhos do dia anterior e colocando o mercado num movimento de lado (sideline Market). O contrato de julho fechou a 821,00. Os contratos futuros de farelo de soja também fecharam em queda de 1,1/tonelada curta, com julho fechando a $ 297,2. O óleo de soja, por sua vez, também fechou em queda de 53 pontos com junho a $ 26,78”, afirma.

Além disso, os futuros de soja fecharam operando sem uma tendência clara ao longo da sessão, culminando com uma queda superior a US$ 2/t, fechando em US$ 301/TN. “O mercado pareceu incorporar aos preços o programa dos subsídios que o governo dos EUA e interpretou que é um incentivo para semear mais soja. Embora ainda não se saiba como exatamente o pagamento será determinado aos produtores, ele geralmente significa uma recomposição na renda do agricultor para produzir soja”, comenta.  

“Os anúncios são de US$ 14,5 bilhões na forma de pagamentos diretos para os produtores, US$ 1,4 bilhão em compras de alimentos e produtos agrícolas pelo governo e US$ 100 milhões para o desenvolvimento do mercado. O pagamento direto aos produtores será feito em 3 parcelas: 1º: em julho/agosto, 2º: fim do outono e 3º: início de 2020. Por sua vez, a Agência do governo observou que os pagamentos não serão feitos por commodities, mas serão calculados com base na localidade em que cada produtor está”, conclui.  

Fonte: Agrolink
GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS