NOTÍCIAS
10/12/2018
Inativação de genes melhora diversidade das culturas
Pesquisadores do Centro Francês de Pesquisa Agrícola (Cirad) e do Instituto Nacional de Pesquisa Agroquímica da França (INRA) demonstraram recentemente que a inativação do gene RECQ4, leva a um aumento de três vezes na recombinação em culturas como arroz, ervilha e tomate. Esta descoberta, publicada na revista  Nature Plants  em 26 de novembro de 2018, pode acelerar o melhoramento de plantas e o desenvolvimento de variedades melhor adaptadas a condições ambientais específicas.

A recombinação é um mecanismo natural comum a todos os organismos que se reproduzem sexualmente, como plantas, fungos ou animais, sendo que a mistura cromossômica determina a diversidade genética das espécies. A criação de plantas praticada nos últimos dez mil anos, que envolve o cruzamento de duas plantas escolhidas por seus valiosos caracteres complementares, concentra-se nesse mecanismo.  

Nesse cenário, os pesquisadores do INRA identificaram e estudaram os genes envolvidos no controle da recombinação em uma planta modelo, a Arabidopsis thaliana “Na medida em que a inativação é dobrada para quadruplicar a frequência de recombinação! O que acontece com as colheitas?”, indagam.

A resposta dessa pergunta trouxe uma nova luz sobre os estudos de plantas e também sobre a possibilidade de criação de novos cultivos que se tornariam mais viáveis para produtores do mundo todo. Isso porque, ao "desligar" a RECQ4, eles triplicaram, em média, o número de cruzamentos, o que resultou em uma maior mistura de cromossomos e, portanto, maior diversidade, a cada geração. “Isso será de grande ajuda para o melhoramento de plantas no futuro”, concluem.

Fonte: Agrolink
GALERIA DE FOTOS
Nenhuma imagem cadastrada.
 
OUTRAS NOTÍCIAS
04/01/2017